O Cristal Quebrou !

Uma ideia que provoca muito sofrimento aos casais é que, uma vez ocorrida uma crise, um desencanto, o cristal se quebra. E uma vez quebrado, está fadado a ser descartado.

A descoberta de imperfeições do parceiro ou do vínculo seria como a descoberta de trincas numa peça de cristal, levando a crer que o investimento nela não é mais interessante, pois houve uma grande perda para ambas as partes.

Pensar assim, porém, não deixa espaço para ajustes e acertos, pois o cristal, uma vez quebrado, não tem conserto. Ele será colocado de lado.

Por outro lado, se substituirmos a peça de cristal por uma de borracha ou plástico, perceberemos uma possibilidade muito maior de reconstrução depois de quebras ou deformações.

Isso chama-se resiliência – é a capacidade de um material de recuperar seu estado após ter sido submetido a estresse

Então, vamos substituir o cristal pela borracha: ocorreram tensões , pressões externas , desencantos…o relacionamento não perde a ¨plasticidade¨, que é a capacidade de um material de mudar sua forma sob a ação de um esforço externo.

O relacionamento vai se adequando e não trinca como se fosse um cristal,o vinculo amoroso mantem-se vivo, pulsante apesar das imperfeiçoes dos parceiros e das frustrações que o casal enfrenta.

Percebe que o relacionamento se adequou ao estresse ele não trincou ,    ele passa a ter a capacidade elástica  de se adequar a novos desafios do momento<

Sandra Mariani

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s