Sua Vida Amorosa Qual Formato Tem ?

Sua vida amorosa, você descreveria de que jeito ?
Uns descrevem uma história com um protagonista só, que passa com você várias situações, umas boas e outras não, mas que você pode contar com essa pessoa em qualquer situação que esteja. Você pode ter algumas certezas como : ele vai te ligar a tal hora, se você adoecer ele com certeza vai te ajudar e que no fim do ano a probabilidade de passarem juntos é cem por cento certa.
Têm outros relacionamentos que parecem contos rápidos, tudo é muito instantâneo,em poucas semanas estão se declarando como apaixonados, fazem planos e tudo é muito empolgante, mas antes de algumas semanas, você perdeu o contato e se vê em vias de conhecer uma outra pessoa.
A pergunta que surge é: começo tudo de novo?
Hoje em dia, muitos questionam o que há de errado que tudo começa rápido, intenso e termina mais rápido ainda, são os relacionamentos ¨tefal¨, eles lembram a famosa camada de revestimento que tem como objetivo nada grudar… você usa a tal panela e se grudar algum resíduo o tefal é de má qualidade.
Um relacionamento assim, tem como meta ser intenso, mas passar por você sem deixar nenhuma marca , tudo é apagado, o seu  celular, o seu nome no facebook, o seu endereço no msn, tudo … você apenas passou pela vida da pessoa, ou seja , já virou o conto numero ¨x¨da vida dela e teve começo, meio e fim mesmo que sejam semanas ou dias.
Conseguir lidar com esse entra e sai de pessoas na sua vida, ou seja, contos rápidos que você pensava que virariam grandes histórias não é fácil, isso cansa alguns, acaba até desanimando  e para outros que dizem ¨viver cada minuto como se fosse o último¨é eletrizante.
Tem pessoas que não conseguem construir um relacionamento, gostam do imediatismo, tem que ser tudo rápido, a intimidade física, a intimidade emocional, tudo lembra um trem que está passando ou você entra neste trem ou não entra e perde a viagem . 
A questão é você se perguntar : O que eu quero para mim, nesse momento de  vida ?
Quero contos rápidos eletrizantes e isso já me basta ou quero uma história com um personagem que me acompanha em várias situações e que eu possa fazer planos em comum ?
Estava aqui refletindo, muitas vezes se começa uma história pensando ser aquela que renderia muitos e muitos capítulos e no entanto a sua duração é de um subtítulo num pequeno capítulo.
O que fazer neste caso ?
Achar que tem algo errado com você e se sentir infeliz por não ter virado nada mais uma vez ? Ou ir acumulando contos pequenos e esperar quem sabe um dia, que um conto venha a se tornar uma grande romance ?
Uma coisa é certa, independente de você ter contos rápidos ou não, você está tentando como muitos, ter um grande amor na sua vida.
Todos ou quase todos querem o sabor de um amor com acolhimento, muito carinho e se sentir importante pra o Outro, a questão é até que ponto eu INVISTO para chegar neste objetivo?
E a outra questão é : a pessoa que estou tendo contato, que objetivo tem na vida dela ?
Caso ela sinalize de cara que ela não pretende nada além de algo rápido e eletrizante, se questione se vale a pena prosseguir. Agora cuidado para não querer acelerar uma situação que está interessante, tendo momentos bons em algo já com formato definido, se dê o direito de viver cada momento e isso pode facilitar vocês viverem uma grande história.







Sandra Mariani 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s