Por Que Me Sinto Fracassado?

Pacientes aportam diariamente na clinica com os mais variados sintomas necessitando de tratamento para voltarem ao normal, ou ao mais próximo disso.
Diversas formas de depressão, fobias, crises existenciais, pânico e suas derivações, desvios de sexualidade, conflitos familiares, entre tantos outros.
Observamos que na maioria dos casos, esses sintomas são causados pela crise de desamparo que procede de alguma perda.
Toda vez que perdemos algo, seja a que tamanho for, sentimos que perdemos algo de nós mesmos.
De alguma forma isso gera conflito, de maior ou menor tamanho.
Ninguém está preparado para perder.
Levando isso para o campo dos relacionamentos, quando perdemos algum ente querido, de imediato questionamos onde erramos.
Isso abala nossa auto estima e nos dá a sensação de fracasso.
Começamos  questionar a nós mesmos, querendo descobrir porque não conseguimos levar aquela relação adiante.
Onde foi que falhamos?

Onde poderia ter feito diferente?
Em que poderia ter investido mais e de que forma poderia ter sido mais tolerante ?
Colocamos sobre nossos ombros a responsabilidade de ter dado errado e esquecemos que do lado de la também existia um outro ser que tinha vontade própria e que também poderia ter sido mais tolerante ou feito algumas coisas de forma diferente.
Será que somos fracassados por algo não ter saído como gostaríamos?
Dependia só de nós?
Percebemos na clinica pessoas que chegam muitíssimo abaladas e se responsabilizando por não ter dado certo.
Pela perda.
Quem disse que temos coisas e pessoas? Apenas detemos algo ou alguém por algum tempo. Tudo termina em algum determinado momento e não temos poder sobre isso.
Precisamos ter equilibro para perceber que nem tudo depende de nós, que não somos fracassados por essa ou aquela perda, que existem novos portões que se abrem a cada porta que se fecha.
Se nosso relacionamento terminou, ou adotamos a postura de culpa e fracasso, ou observamos nossas qualidades e virtudes, que com certeza superam nossos defeitos e então modificaremos nossa forma de observar quem realmente teve perda. É opcional a postura de vitima.
Perdeu nós ou quem se foi?
Quem fracassou na relação?
Vamos tratar rapidinho de olhar para nós, quem realmente somos, como somos, o que queremos, o que fizemos pra manter essa relação e aumentar nossa auto estima, pois quem realmente perdeu e está em posição de fracasso, é o outro, que não percebeu o que tinha nas mãos.
Associar qualquer tipo de perda ao fracasso pessoal deve ser reavaliado.
Nem sempre depende de nós.

Vagner Crepaldi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s