Síndrome do Pânico

Síndrome do pânico, como o próprio nome diz, síndrome, ou seja , uma série de sintomas juntos que somados vai lhe dar a sensação de estar enlouquecendo.
O que a pessoa sente ?
Um medo de algo que ela não consegue entender ao certo, sintomas como tremor, sudorese intensa nas extremidades ( mãos e pés ) ,  desarranjo intestinal, frio e um aperto na garganta o tempo todo.
Situações comuns como um simples banho, descer de elevador, ir a lugares próximos , todos parecem situações absurdas que a pessoa mal consegue dar conta.
A pessoa com panico se sente angustiada em qualquer lugar, a não ser que ela esteja dentro de um hospital ou na companhia de alguém que ela elege como ¨protetora ¨, só desta forma ela se tranquiliza.
Por que fui ter panico ?
Ele pode ser acionado, logo após passar por  situações de grande stress como :
falecimento de um ente querido, colapso no relacionamento conjugal , perda de um emprego, ter sido vitima de um assalto, mudança repentina de residencia  …
O aparecimento dos sintomas funciona como   um pedido de acolhimento , como se  pedisse um tempo na vida , é uma solicitação de não me exijam mais nada, que eu não aguento mais …
Esse quadro vem sempre acompanhado de uma angustia generalizada, você sozinho não entende o que lhe incomoda .
Relembrando, o panico vem para lhe mostrar que sua estrutura psíquica esta pequena para suportar a situação do momento, essa estrutura é elástica, ela pode se alargar e passar a suportar novas demandas como : . o que fazer já que os filhos cresceram e agora tenho que tomar conta da minha vida ( um momento critico que vai exigir de você direcionar sua vida para outras coisas, além é claro de ser mãe ou pai ).
. o que fazer quando seu casamento termina e você tem que dar um rumo interessante na sua vida ( se a sua vida girou em torno do seu casamento e ele acaba,parece que tudo desmorona e agora é hora de aprender outras coisas )
. o que fazer quando passo a ser subordinado a um chefe bem mais novo e cheio de idéias que me faz  sentir obsoleto ?( Muitos chefes de família estão sentindo isso , seu saber repentinamente é visto como algo antigo e eles se sentem impotentes , um coaching profissional essa hora lhe ajudaria muito )
Percebe que a síndrome é desencadeada quando a vida lhe traz demandas (exigências) que obrigatoriamente, você não tem saída a não ser enfrentar, e depois deste enfrentamento o que vemos na clinica são pacientes que passam a se sentir mais fortes , corajosos e se tornam pessoas mais interessantes do que antes da crise.
Agora tem os acometidos por panico quase que cronicamente , eles fazem da doença sua nova muleta, já que não querem se estruturar diante da mudança usam o panico para lhe infantilizar diante da vida ,¨não exijam nada de mim … olha como estou adoentada ¨
Caso esteja passando por esta situação, o que sugiro é procurar ajuda especializada o quanto antes, pois o ruim na síndrome é ir deixando de fazer coisas, é ir se isolando cada vez mais de tudo e de todos .
Quem esta acometido por esta síndrome sente muito medo de morrer , não é da morte que você tem medo e sim medo da vida ,como continuar equilibrado com tantas exigências ao mesmo tempo .
O panico tem como ¨álibi¨transformar qualquer problema numa magnitude intransponível, por isso a importância de procurar terapia.

Com a terapia , você conseguirá ver realmente de que tamanho são seus problemas e com isso poderá  driblar, o que hoje parece ser o fim da linha !

Sandra Mariani

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s