Síndrome do Ninho Vazio

Você já criou os seus filhos.
 Já amamentou, se alegrou com as primeiras palavras que ele balbuciou, acompanhou suas lições, desde as primeiras letras do alfabeto até o dia que o nome dele estava na lista de aprovados na universidade.
 Tudo passou muito rápido e agora se vê diante de uma situação que não sabe como lidar : seus filhos cresceram , cada um tem sua vida própria e você perdeu o seu papel, que até outro dia desempenhava muito bem, cuidar para que eles fossem felizes .
Muitas mulheres decidiram quando eles eram pequenos,  em largar suas carreiras para poder dar conta de toda demanda que educar um filho exige , se dedicaram ao casamento, a gerenciar a casa e hoje se deparam com a monotonia de suas vidas.
  O casamento esta naquela fase em que o marido se projetou profissionalmente, esta sempre atarefado com viagens e metas.  Quando vocês estão juntos, embora se dêem bem , não é nada empolgante, as conversas são repetitivas  e você sente que  precisa mudar algo, fazer algo que lhe faça se sentir viva.
Existe dois tipos de mãe nesta fase, as que querem mudar o cenário, mas não sabem por onde começar e as que se deprimem, se sentem desinteressantes como pessoa, vivem a impotência, ficam nostálgicas, seus pensamentos giram em torno apenas de quando desempenhavam os cuidados maternais.
E agora o que fazer ?
Então vamos lá, observe aquela época , devia haver  algo que lhe entusiasmava muito, ou era a decoração da casa, ou organizar festas para seus filhos, arrumação de armários, fazer jantares para várias pessoas ou mesmo cuidar do lazer da família.
 A proposta é observar que esta sua habilidade pode  virar até um negócio próprio.
Tive pacientes que no transcurso das sessões , criaram trabalhos como : confecção de doces para casamentos, personal stylist , organizadora de eventos, lojas de decoração,franquias de assuntos que sempre se interessaram e algumas voltaram a estudar .
Use esse momento para fazer coisas que antes não dispunha de tempo  para isso, como cursos , aprender um novo idioma, viajar em lugares que antes não poderia ir , academia , aprender a dançar … perceba que tem um mundo vasto de atividades a sua frente , a questão é você se dá o DIREITO de desfrutar tudo isso ?
Quanto ao casamento que hoje parece morno e vocês não tem muito mais o que falar porque o assunto ¨crianças ¨não existe mais , na medida que você for se abrindo a esses novos interesses , coisas novas aparecerão para contar, sua auto estima vai melhorar , vai se sentir útil e principalmente, essa sua mudança vai  ser notada o que gerará elogios,  o que é muito bom para a sua auto estima.
 O que sugiro é : mexa se !
Você esta num momento crucial , tem duas opções –   ficar diante da falta que a saída de seus filhos deixaram, olhando para este ¨buraco existencial¨ se sentindo impotente,  ou vai ter que olhar outras coisas que possa se dedicar.
A escolha é sua … muitas mulheres que acompanhei na clinica  ,perceberam que não tem muita saída , ou param de olhar para este ninho vazio e percebem que além de mães , elas podem ter outras atividades,  ou irão  ficar paralisadas diante deste ninho , pensando o quão inútil sua vida está .
As que decidiram sair disso, se sentiram muito bem, até os próprios filhos sentem que a mãe hoje é uma pessoa ¨descolada¨ , eles a vêem até mais atraente e não só eles, inclusive por estarem elas com uma energia vibrante atraem os olhares masculinos .
 Essas ¨mães¨de tempo integral se vêem agora com uma questão nova : Já que estou mais interessante , posso tentar um novo amor ?¨
Claro que sim !
Caso for este seu desejo, ter um novo amor, acredite no seu potencial de atrair alguém, olhe se no espelho, veja o que tem de interessante, ter auto estima não se resume  em se vestir melhor, ter auto estima é se gostar , saber que você tem atributos que são interessantes, é lembrar de todo o percurso que você fez até agora , quantas coisas você aprendeu na vida … é se abraçar com delicadeza e pensar posso muitas coisas que estão por vir, se assim você desejar.
E lembre-se o ninho não está vazio, apenas mudou a sua configuração, antes os filhotes estavam lá passivos, hoje eles entram e saem ,mas o ninho sempre vai ser o referencial deles, independente da idade que tiverem. 





Sandra Mariani   

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s