O tempo e as perdas

Não conheci até hoje alguém que lidasse bem com as perdas.

Existem as perdas impostas, por exemplo de um ente querido que nos foi levado repentinamente ou não pela morte ou um emprego a que nos dedicamos uma vida inteira e que nos achávamos titular absoluto do cargo ou outros tantos exemplos que poderíamos citar.
Existem as perdas necessárias, quando temos que abrir mão de um relacionamento que não nos levaria a lugar algum a não ser sofrimento mesmo amando profundamente a outra pessoa, ou a sensação de perder um filho quando este vai para uma formação ou um emprego fora do país.
Quando perdemos algo ou alguém, ficamos com a identidade abalada de acordo com o investimento que tínhamos na situação ou na pessoa.
E sofremos em paralelo a isso.
E percebemos quanto somos impotentes diante de certas situações.
Baixa auto-estima, sensação de fracasso, questionamentos do tipo “que fiz de errado” ou ” porque comigo” .
Se não tomarmos cuidado, nos fazemos de vitimas. Esse é o pior caminho.
Mas existe o tempo.
Não o tempo das horas, um tempo muito maior, interno, individual, que pertence a cada um em particular e que vai dilatando no tempo e espaço a unica faculdade que possuímos e que se é boa de um lado, nos tortura de outro.
A memória.
 E agindo o tempo, o café esfria, a saudade passa, o encanto se acaba, a prioridade muda.
O tempo faz isso.
Por isso, sabendo que somos reféns das perdas, precisamos viver intensamente cada dia, cada hora, cada minuto.
Jamais saberemos se teremos chances de reviver situações.
Jamais teremos certeza de rever pessoas que amamos hoje.
Como sair sem se despedir? Como não dizer eu te amo?
Como não pedir desculpa ou perdão?
Viver intensamente, essa é a ideia. Mas esquecemos de viver intensamente o presente. Estamos sempre vivendo no passado ou navegando na ansiedade do desconhecido futuro.
Que pode nem chegar.
Hora de rever conceitos e valorizar o que temos.
Porque pode ser por enquanto.
Vagner Crepaldi
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s